******VITRINE DA EDUCAÇÃO****** *****


camisas do pai



Escrito por Silvana Irias às 16h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Escrito por Silvana Irias às 15h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Pai caiu do céu



Escrito por Silvana Irias às 15h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

                 RODA DE CONVERSA

 

 

A roda de conversa é um momento onde a criança tem a oportunidade de expressar seus pensamentos de maneira informal, mas em se tratando de crianças pequenas torna-se uma atividade fundamental para ampliar sua competência comunicativa. Requer intencionalidade educativa, planejamento e reflexão constante.

É importante que o professor esteja atento a fala das crianças, para ser mediador e participante, atribuindo sentido as mesmas.

É necessário ressaltar que a ausência de uma lógica formal do modo de raciocinar da criança não se constitui em obstáculo para o diálogo com ela. O professor deve ter um real interesse por sua fala atribuindo-lhe sentido comunicativo desde as mais simples enunciações.

Objetivos da Roda de Conversa.

Ampliar a competência comunicativa criando possibilidades no plano verbal, oportunizando que a criança seja capaz de:

- Ser autora de seus pensamentos.

- Narrar suas experiências vividas ou imaginadas.

- Fazer uso da linguagem por prazer.

- Interagir com o outro, construindo sua objetividade.

- Coordenar diferentes pontos de vista.

- Relacionar novos conhecimentos com suas vivências e conhecimentos anteriores.

- Aprender ouvir o outro.

- Ampliar sua oralidade.

 

Orientações Didáticas

O professor deve:

- Atribuir intenção comunicativa a fala da criança, ajudando a explicitar suas ideias, tornando-as compreensivas.

- Planejar a roda de conversa com intencionalidade educativa, através de assuntos contextualizados, propondo temas interessantes, assegurando a naturalidade de fala e escuta.

- Deixar espaço e tempo para as crianças coordenarem pontos de vista diferentes e criar condições de se expressar, sendo autora de suas falas.

- Validar os discursos elaborados na conversa, valorizando o que a criança contou, propondo ganchos de conversa, estimulando o grupo a continuar o assunto.

 

 

- Conhecer e respeitar as características do discurso narrativo da criança, considerando o pensamento sincrético.

- Permitir que as crianças fiquem a vontade com relação e solicitação postural.

- Saber que, assim como uma conversa dentro das práticas sociais reais, os interlocutores mudam a temática rapidamente, na sala de aula o assunto também é alterado, considerando as conexões que as crianças estabelecem e a participação do grupo.

- Ajudar a criança a construir seu discurso por meio de perguntas que auxiliam a costurar uma conversa duradoura como: “ O que você viu?”, “Como ela era?”, etc.

- Ter clareza que a roda de conversa não tem como objetivo passar conceitos, dar conselhos ou lições de moral.

- Ser flexivo em relação ao tempo, pois a roda deve durar enquanto houver interesse das crianças.

 

Dicas

Como iniciar a roda de conversa:

- O professor pode aproveitar os assuntos dos projetos de natureza e sociedade, artes, etc., para conversar.

- Acontecimentos no bairro, na cidade, notícias e textos que gerem interesse por parte das crianças devem ter espaço na roda de conversa.

- Levar objetos como, por exemplo; uma sacola escura onde as crianças coloquem as mãos e tenham que falar sobre as características do que tem lá dentro para que o grupo descubra.

- Levar objetos, figuras, fotografias como recurso para iniciar uma conversa. A professora pode elaborar perguntas que levem as crianças a participarem da conversa.

- Propor alguns temas como: medo, brincadeiras ou brinquedos que mais gostam, coisas gostosas de comer, bichos de estimação, programas de televisão, qual seu passeio preferido ou você acredita em: bruxa, lobisomem, fantasma, etc.

- Socializar e alimentar assuntos que as crianças trazem de casa.

- Discutir e organizar a vida em grupo.

- Socializar conhecimentos tais como: como aprendeu a se vestir sozinho, fechar a mochila, etc.

 

A roda pode ser iniciada pela professora ou pelas crianças.

 

 



Escrito por Silvana Irias às 15h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

VENHAM MINHA GENTE!

O ARRAIÁ JÁ ESTÁ ENFEITADO E A FESTANÇA VAI COMENÇAR!!!

VIVA SÃO JOÃO!!! VIVA O BRASIL!!!

 

         

 

      



Escrito por Silvana Irias às 10h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




     

 

 

       



Escrito por Silvana Irias às 10h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




      

 



Escrito por Silvana Irias às 09h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Escrito por Silvana Irias às 11h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

 



Escrito por Silvana Irias às 16h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Na correria Na correria  Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria Na correria 



Escrito por Silvana Irias às 13h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Bem humorado Beijo Rindo a toa Ficando velho Bobo Carente Legal Inocente Muito triste Em dúvida Apaixonado Ira Com vergonha Bico calado Tonto Carente Rindo a toa

 

 

Teatro - A Árvore e seus amiguinhos

As crianças formam três grupinhos no palco.

GRUPO A: Crianças
GRUPO B: Passarinhos
GRUPO C: Flores


As crianças do grupo B caracterizadas de passarinho, com máscaras com bicos e asas de papel crepom. As crianças do grupo C caracterizadas de flores com toucas, com pétalas, colan e saias em papel crepom ou tule. Uma menina representa a árvore. Quando as coleguinhas formam os grupinhos, ela já deve estar lá, ao centro bem quetinha. Ela observa em torno de si e logo exclama:
-Como está lindo o meu jardim! Parece que a primavera está chegando...
As crianças dos grupinhos A, B e C falam:
- Bom dia, Senhora Árvore! Bom dia!
A árvore responde:
- Bom dia! Quem são vocês? O que fazem no meu jardim?

GRUPO A
Somos muitas crianças;
Tua sombra viemos procurar.
E também os teus frutinhos
Queremos experimentar.
O teu cantinho é gostoso,
Teu ar puro é proteção.
O teu fruto delicioso
É doce alimentação.
A árvore se dirige aos passarinhos:
- Vocês aí, quem são?


O GRUPO B:
Somos os passarinhos,
Em ti faremos nossos ninhos.
Aqui viveremos contentes
A cantar pra toda gente.

O GRUPO C:
Somos as flores.
Que a Primavera traz em profusão.
Flores que nascem da terra.
E flores que jogas no chão.

Nós nos misturamos assim,
Numa alegria de cores.
E fica todo o teu jardim,
Enfeitadinho de flores.

A árvore exclama, contente:
- Estou contente! tenho muitos amiguinhos no meu jardim.

Para terminar, a árvore e seus amiguinhos cantam:
(Música: Pirulito que Bate Bate)

Passarinho a saltitar,
Cantando alegre assim.
Flores a enfeitar
Para sempre o meu jardim!

Primavera aqui sentimos,
Tantas flores nunca vimos. {bis

Borboletas a voar,
O sol brilhando enfim.
Flores a enfeitar,
Como é lindo o meu jardim.

Fonte: Brincando no Palco

 

 

 



Escrito por Silvana Irias às 13h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Bem humorado Beijo Rindo a toa Ficando velho Bobo Carente Legal Inocente Muito triste Em dúvida Apaixonado Ira Com vergonha Bico calado Tonto Carente Rindo a toa

Ginástica Historiada - Árvore



A SEMENTE, COM O VENTO,
CAIU NA TERRA FOFINHA.
VEIO A CHUVA, VEIO O SOL
E BROTOU A SEMENTINHA.

O CAULE FOI PARA CIMA,
A RAIZ FIRMOU NA TERRA.
A PLANTINHA FOI CRESCENDO
BEM LÁ NO ALTO DA SERRA.

HOJE TEM FRUTOS E FLORES.
E AS FOLHINHAS? TÃO BELAS!
PARECE ATÉ QUE O VENTO
BRINCA DE PIQUE COM ELAS.

DELA TUDO RECEBEMOS
ATÉ A SOMBRA DA RAMADA.
EU CHEGO MESMO A PENSAR
QUE ALI MORA UMA FADA.

GINÁSTICA HISTORIADA

Imaginem que vocês são o vento (balançar os braços abertos, pra lá e prá cá).
Imaginem que vc são as sementinhas (alunos agachados, bem quietinhos).
A plantinha foi crescendo (alunos se levantam devagar e abrem bem os braços).
Agora, o sol está batendo nos seus galhos (esticar bem os braços).
Agora vamos descansar, que a noite chegou (descer os braços e ficar em posição bem relaxada).
Amanheceu e as árvores saúdam o sol (elevar os braços com suavidade para o alto.)
Agora vamos descansar à sombra da árvore (alunos recostados)

Fonte: Brincando no Palco

 

 

 



Escrito por Silvana Irias às 13h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Bem humorado Beijo Rindo a toa Ficando velho Bobo Carente Legal Inocente Muito triste Em dúvida Apaixonado Ira Com vergonha Bico calado Tonto Carente Rindo a toa

 

 

 

 

 

 

Dramatização - A Árvore

Uma árvore completa, desenhar em partes e montar fala para cada parte da planta. Escolher 05 crianças e distribuir cada parte da planta. (raiz, caule, folha, flor e fruto).

1º: Fala a árvore:
- Oi turma! Eu sou a árvore. Sou muito importante para a natureza. Se eu não existisse, nem existiria vida na terra. Eu purifico o ar, dou sombra, frutos, protejo o solo.

2ª Fala, a folha:
- Ei, dona árvore! Eu também sou importante! Sou o pulmão da senhora, esqueceu? É através de mim que a senhora respira. Sou eu que fabrico o alimento que a senhora precisa. Eu sou a Folha!

3ª Fala, a flor, que ri e fala:
- Ora esta! Era só o que me faltava. Eu é que sou a mais importante de todos na natureza! Sou bela, cheirosa,delicada. Embelezo e perfumo tudo à minha volta, além de me transformar em deliciosos frutos. Eu sou a Flor!

4ª Fala, o fruto:
- Calma aí, dona flor! Venho da senhora, mas também sou importante. Sou um alimento doce, delicioso, cheiroso que todos os seres vivos precisam, para ter uma vida saudável. Eu sou o fruto!
5ª Fala, o Caule:
- Ei, vocês se esqueceram de mim? Quem sustenta a folha, a flor, o fruto? Quem carrega o alimento para todos vocês? Sou eu Claro! O mais importante. Eu sou o Caule.

6ª Fala, a Semente:
- Pois é, vocês se julgam os mais importantes, mais se não fosse por mim, vocês nem existiriam.
Eu sou a semente e todos dependem de mim. Eu sou a semente!

7ª Fala, entra a Raiz:
- Puxa vida, como estou cansada! É duro manter todos vocês em pé e nem ser reconhecida. Por que vocês discutem quem é mais importante? Somos um só corpo, e só unidos é que somos realmente úteis e importantes. Eu sou a Raiz.

A seguir todos se abraçam, colocam a árvore no meio do círculo e juntos dizem:
- Viva o dia da árvore!

Sugestão: Cantar alguma música que fale de árvores.

Autora: Maria Miranda de Souza. Fonte: Projetos Educacionais

 

 



Escrito por Silvana Irias às 13h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

                                                                     É uma música antiga, mas as crianças adoram cantar gesticulando

 



Escrito por Silvana Irias às 08h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Bem humorado Beijo Rindo a toa Ficando velho Bobo Carente Legal Inocente Muito triste Em dúvida Apaixonado Ira Com vergonha Bico calado Tonto Carente Rindo a toa

 

 

                            É a primavera!

Material utilizado:garrafa Pet, prato e copos descartáveis coloridos.



Escrito por Silvana Irias às 16h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Mulher, Arte e cultura
MSN -
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
Votação
  Dê uma nota para meu blog